Aquisições 2018

Deixe um comentário

Criadora radical, Gabrielle “Coco” Chanel trouxe as linhas retas e o preto e branco, além do conceito de conforto – até o início do século XX, monopólio da indumentária masculina -, para a costura feminina, e com isso aposentou de vez o espartilho e definiu uma nova silhueta para a mulher moderna. Mas sua história não se restringe à criação de produtos tão célebres quanto lendários, como a mítica fragrância Nº 5 e o “pretinho básico”. Neste livro, vem a público o envolvimento de Coco com a alta inteligência nazista durante a ocupação alemã em Paris, entre 1941 e 1944.

Pouco conhecida do público e apenas insinuada por alguns de seus biógrafos, essa faceta da vida de Chanel é o tema central desta biografia, apoiada em extensa pesquisa documental e raro material fotográfico. Seguindo a pista do caso público de Chanel com Hans Günther von Dincklage, tido por antigos jornalistas e pesquisadores como nada além de um diplomata playboy, mas na verdade um agente da Gestapo, o jornalista Hal Vaughan revela as motivações que fizeram da maior estilista francesa de todos os tempos uma colaboradora oficial da Alemanha hitlerista.

Vaughan descreve a infância humilde de Coco em um abrigo para crianças pobres nos últimos anos do século XIX, passa à reconstituição do fenomenal crescimento da maison nos anos 1920, quando a Chanel já empregava mais de 2 mil costureiras e contava com a fidelidade de clientes célebres, e finalmente centra fogo no período em que Coco se afastou da vida pública e viveu em uma suíte do hotel Ritz com Dincklage, conhecido como Spatz (“pardal”, em alemão). Ilumina, enfim, os anos que vão do começo da Segunda Guerra até por volta de 1954, que até então seguiam envoltos em mistério.

Amiga de figuras-chave do período, como Winston Churchill, Eduardo, príncipe de Gales, o duque de Westminster e o grão-duque Dimitri Romanov, a estilista estava em posição privilegiada para cumprir com desenvoltura a missão dada a ela pela inteligência alemã: articular uma secretíssima trégua junto aos ingleses.

Jornalista experiente em política europeia, Hal Vaughan pesquisou por anos arquivos ingleses, franceses e alemães, além de coleções privadas e inúmeras entrevistas, para iluminar o “período negro” de Coco. Com elementos de thriller de espionagem e compondo um pano de fundo arrepiante da Paris ocupada, o livro traça, com imparcialidade e grande fôlego narrativo, um novo perfil dessa grande mulher que revolucionou seu próprio tempo e é por muitos considerada um dos grandes gênios do século passado.

download

Anúncios

Aquisições 2018

Deixe um comentário

O sistema digestivo está intimamente conectado àquilo que ocorre no cérebro. E talvez o aspecto mais importante relacionado ao intestino, aquele que tem tudo a ver com seu bem-estar e sua saúde mental, é sua ecologia interna – os diversos micro-organismos que vivem nele, e em especial as bactérias.

Em seu novo livro, David Perlmutter, o autor best-seller de A dieta da mente, apresenta novas pesquisas que comprovam a importância do microbioma – os micro-organismos que moram dentro do seu corpo – para a sua saúde. Para se proteger de diversas doenças ligadas ao cérebro, como autismo, déficit de atenção e Alzheimer, o neurologista apresenta os alimentos amigos que irão salvar a sua mente.

download (1)

Aquisições 2018

Deixe um comentário

350_66

Aquisições 2018

Deixe um comentário

Em A mentira do glúten, Alan Levinovitz mostra por que nosso problema não é o que comemos, mas como comemos: cheios de ansiedade a respeito dos vilões alimentares como pizza, massa, bife e petiscos. A menos que você sofra de doença celíaca ou aflição semelhante, uma dieta apropriada pode e deve incluir seus alimentos favoritos — e uma dose de ceticismo em relação à mais nova cura milagrosa.
Nossas crenças alimentares são moldadas não por dados concretos, mas por mitos de eras atrás e pelas mentiras que nos contam. Como saber no que acreditar? Levinovitz dá a você o poder de avaliar as pesquisas mais recentes em busca da direção real, em vez de ser levado a andar em círculos pelo supermercado.
A mentira do glúten vai ajudá-lo a colocar o pão de volta no seu hambúrguer, parar de aderir aos mais novos modismos em dieta e viver uma vida mais feliz, mais saudável e mais gostosa.

46056650

Aquisições 2018

Deixe um comentário

          Delalves Costa é um poeta diferenciado e por duas razões. A seguir, fazemos comparações que se adaptam a sua realidade. A primeira diz respeito ao poeta maior dos ianques, Walt Whitman, o qual conversou com o filósofo Ralph Waldo Emerson sobre sua coletânea (de Whitman) Leaves of Grass, e o pensador sugeriu-lhe que passasse a vida reescrevendo e republicando tais versos. Assim Whitman fez de 1855 a 1892. O autor não age rigorosamente dessa maneira, e a cada novo lançamento retoma alguns trabalhos que reaparecem recriados, como se pretendesse atingir a perfeição. E esse é o segundo ponto que o diferencia da quase totalidade dos poetas de associações literárias no Rio Grande do Sul.

61gdX2XLBhL

Aquisições 2018

Deixe um comentário

Adeus, solteirice!

“… hilário e irreverente.” – Elle

“Tracy (…) é rápida, esperta e, em última análise, (…) muito sábia. (…) ela parece a sua melhor amiga tendo uma conversa estilo ‘caia na real’ com você. Basicamente, quero dar este livro para cada uma das minhas amigas.” – Abby Gardner, Marie Claire

Baseado num artigo imensamente popular de Tracy McMillan – o mais lido da história do Huffington Post –, Por que você não se casou… ainda é um livro único e necessário na cabeceira de qualquer mulher que esteja solteira contra a própria vontade. Se você começou a se perguntar “por que tantas mulheres desinteressantes estão casadas e eu não”, “o que há de errado com os homens de hoje em dia” e “será que devo congelar óvulos”, você precisa ouvir o que Tracy tem a lhe dizer.

Em dez hilários capítulos, a autora delineia os grandes problemas que impedem mulheres modernas, bem-sucedidas e inteligentes de encontrar um bom parceiro. Como numa conversa com uma irmã mais velha ou com uma amiga sem papas na língua, Tracy aponta aquilo que você talvez não esteja conseguindo ver em si mesma: atitudes, comportamentos e crenças autossabotadores. Fazendo rir e chorar, ela vai ajudá-la a diagnosticar o que está atrapalhando sua vida amorosa, além de dar dicas de como tais comportamentos destrutivos podem começar a ser mudados. De mulher descolada para mulher descolada, este livro vai fazer você reavaliar seu papel feminino e sua ideia de casamento. E pode muito bem conduzi-la até o altar – não sem muitos risos no caminho.

download

Aquisições 2018

Deixe um comentário

ArquivoExibir (1)

Older Entries