Ali Iezid Izz-Edin Ibn Salim Hank Malba Tahan nunca existiu. Ou melhor, só existiu na imaginação fértil e poderosa do professor Júlio César de Mello e Souza (1895-1974). Para criar sua vasta obra, ele reuniu duas grandes paixões: a matemática e a cultura árabe. O pseudônimo Malba Tahan se confunde com o narrador-personagem de vários livros e contos. O hábil contador de histórias mistura assim realidade e ficção para maior encantamento de seus leitores. E eles eram e continuam a ser uma legião, como comprovam as sucessivas e numerosas edições de seus livros. Esta antologia serve como introdução à obra de um escritor brasileiro, absolutamente original e inventivo, um mestre na arte de escrever para todos os leitores, especialmente aos jovens.

10

Anúncios