João Ubaldo Ribeiro é o nome máximo da literatura brasileira, autor de clássicos da produção contemporânea, como Sargento Getúlio e O sorriso do lagarto. Em O feitiço da ilha do Pavão, publicado originalmente em 1997, ele retoma a dimensão histórica de Viva o povo brasileiro para narrar uma epopeia ágil, bem-humorada, dos habitantes de uma ilha imaginária na costa da Bahia, na época do Brasil colonial.
A ilha do Pavão, geografia fantástica, é o microcosmo de uma sociedade de colonizadores portugueses, índios e negros. Mas esse mundo ficcional criado por Ubaldo alcança um patamar ainda maior: é a representação de um povo, com seus matizes, seus pontos de tensão, suas glórias. O livro não se restringe ao romance histórico; é um mergulho na própria identidade brasileira. “O feitiço da ilha do Pavão” é também uma narrativa vibrante, em que João Ubaldo explora ao máximo a riqueza da língua para criar diálogos vivazes, descrições de um colorido e uma precisão incomparáveis.

08

Anúncios