Em 2002, a autora Ana Maria Machado lançou o primeiro volume de uma série de histórias “à brasileira” que pretendia reunir em livro. O projeto nasceu do desejo da autora de contar, com suas palavras, as histórias que havia escutado de seus pais, tios e avó. Gerações de narradores anônimos ajudaram a construir as mais diferentes versões dessas histórias da cultura oral e do folclore brasileiro e universal. Para criar a sua própria, a escritora leu obras de estudiosos da cultura popular – como Luís da Câmara Cascudo, Sílvio Romero e Monteiro Lobato, entre outros -, pesquisou coletâneas de contos de tradições variadas e buscou inspiração também na literatura de cordel.
De uma mistura entre pesquisa, cotejo das diversas versões, memória pessoal e tradição, nasceu a coleção Histórias à Brasileira, que ganha agora o quarto volume – composto pelas histórias “A donzela guerreira”, “A princesa do Bambuluá”, “Adivinha, adivinhão”, “Os três coroados”, “A onça, o veado e o macaco”, “O jabuti e o jacaré”, “As três velhas que fiavam”, “A cumbuca de ouro e os marimbondos”, “Branca flor” e “A lenda da vitória-régia”. Com este quarto volume, a série completa quarenta histórias, todas ilustradas pelo traço delicado de Odilon Moraes, que recria o ambiente brasileiro dos contos com liberdade, dando origem a uma nova versão de cada história.
Autora de mais de cem livros para crianças, publicados em dezessete países, Ana Maria Machado recebeu no ano 2000 o Prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da literatura infantojuvenil.

40570_gg

Anúncios